NOTÍCIAS


REDE DE ALIMENTAÇÃO É DESTAQUE NO CEPESI

Há 3 anos Cristini veio de Manaus.
31 de Janeiro de 2019
Voltar

“O que mais sentimos falta é da comida!”


Foi por isso que as irmãs Cristini Silva e Cristiane Monteiro, resolveram colocar em prática todo o talento que tem para a cozinha, e hoje vivem com a venda de comida típica do norte do país. Há um ano, as irmãs naturais de Manaus, entraram na parte da Rede de Alimentação Delícias do Vale, que faz parte do Cepesi – Centro Público de Economia Solidária de Itajaí Idalina Maria Boni.


Entre os pratos típicos do norte – à base de macaxeira, mais conhecida aqui no sul do Brasil como mandioca ou aipim – estão o tacacá e o tradicional bolo de aipim. E melhor: tudo é preparado na hora!


Cristini explica que o tacacá é considerado uma bebida quente servida em uma cumbuca. A base é de tucupi – outra iguaria do norte – feito a partir do caldo extraído da mandioca cozido com temperos. O tacacá leva ainda um mingau de goma de tapioca, camarão seco e jambu – planta que deixa uma leve sensação e amortecimento na língua. A combinação de iguarias é um dos pratos mais servidos na lanchonete do Cepesi. Além disso tem ainda vatapá; salgados à base de mandioca, como coxinha, empadinha e pão de queijo; bolos, pudins, trufas e a vitamina da Amazônia que leva aveia, leite em pó, xarope de guaraná e uma fruta ao gosto do cliente. O açaí e o cupuaçu também são ingredientes indispensáveis na cozinha das irmãs Cristini e Cristiane.


Além da irmãs nortistas, a lanchonete do Cepesi conta com as delícias feita pelo Antonio José Urrutia Cohendet. Tem bolo de açaí com castanha, biscoito de amendoim, pão batata salsa sem glúten e sem lactose e o açaí puro com farinha de mandioca.


Para quem aprecia a cultura brasileira em geral, a Rede de Alimentação Delícias do Vale oferece também caldo de cana e côco verde geladinho que são preparados e servidos pela dona Maria Del Carmem Zch; e deliciosos sorvetes artesanais feitos pelo José Aloir Gomes. Toda semana são dois sabores diferentes para servir aos clientes. “Entre os preferidos estão abacaxi com hortelã, chocolate, cupuaçu e açaí”, conta seu José.


Sorveteiro de mão cheia há dez anos, seu José explica que a base do sorvete é feita em casa. Entre os principais ingredientes estão leite e frutas. Depois, a massa é colocada na máquina que se encarrega de deixar o sorvete no ponto certo para ser servido no estilo italiano, na casquinha ou no cascão. “Pra quem gosta, podemos servir também no pote enfeitado com confeitos e calda, além de milk shake, ideal para esses dias de calor”, faz questão de explicar.


Os cooperados da Rede de Alimentação Delícias do Vale atendem todos os dias na lanchonete do Cepesi, das 8h ás 18h, inclusive aos sábados.


 


A REDE DE ALIMENTAÇÃO E A ECONOMIA SOLIDÁRIA


A Rede de Alimentação Delícias do Vale é formada por profissionais autônomos que atuam com alimentação voltados à economia solidária – ou seja tem um jeito diferente de produzir, vender, comprar e trocar o que é preciso para viver. Sem explorar ninguém, sem querer levar vantagem, sem destruir o ambiente. A prática da economia solidária é regida pelos valores de autogestão, democracia, cooperação, solidariedade, respeito a natureza, promoção a dignidade e valorização do trabalho humano, tendo em vista um projeto de desenvolvimento sustentável global e coletivo. Também é entendida como uma estratégia de geração de trabalho e renda, sustentada em formas coletivas, justas e solidárias.


O Cepesi – Cenro Público de Economia Solidária funciona no piso térreo do Edifício Redondo, na rua Dr. José Bonifácio Malburg, bem no Centro de Itajaí. DSC00442



Compartilhe